title

CÍRCULO DE POESÍA

 

Un poema de… João Roiz de Castelo-Branco

05 Jun 2009

Castelo

João Roiz de Castelo-Branco vivió entre los siglos XV y XVI. Fue contador en la corte del rey portugués Alfonso V. Algunos de sus poemas aparecen en el Cancionero General de García de Resende.

Su Cantiga Partindo-se aparece después del salto.

Senhora, partem tão tristes
meus olhos por vós, meu bem,
que nunca tão tristes vistes
outros nenhuns por ninguém.
Tão tristes, tão saudosos,
tão doentes da partida,
tão cansados, tão chorosos,
da morte mais desejosos
cem mil vezes que da vida.
Partem tão tristes, os tristes,
tão fora de esperar bem
que nunca tão tristes vistes
outros nenhuns por ninguém.

Share Button

Escribe un comentario